DESTAQUESPOLICIAL

Cantor cearense é preso em Pernambuco suspeito de extorquir casal de Tocantins

Um cantor de 35 anos, radicado na região do Cariri, foi preso pela Polícia Civil do Ceará no município de Serrita, em Pernambuco. O homem é investigado pelos crimes de extorsão e furto na cidade de Palmas, no Tocantins.   

De acordo com informações policiais, o mandado de prisão temporária para o indivíduo, que não teve a identidade revelada, foi expedido após um casal, residente em Palmas, desconfiar que o homem era a pessoa que ameaçava divulgar fotos íntimas das vítimas, caso não fosse pago uma certa quantia em dinheiro.  

As coerções começaram em março do ano passado, segundo a Polícia Civil de Tocantins, via um aplicativo de troca de mensagens instantânea.Na residência de uma das vítimas os agentes de segurança encontraram uma câmera instalada em uma caixa de som no quarto.

Após uma perícia no objeto, os investigadores verificaram a existência de impressões digitais compatíveis com a do cantor. Além da câmera escondida, o casal também percebeu o furto de uma corrente de ouro, um simulacro de arma de fogo e um par de óculos.  

Uma das vítimas chegou a enviar uma foto íntima para o cantor e essa e outras imagens foram encaminhadas pelo suspeito, junto as ameaças de que o conteúdo seria divulgado caso não recebesse um valor em dinheiro.   

Em depoimento à Polícia, as vítimas relataram que receberam o investigado duas vezes, entre janeiro e fevereiro deste ano. Não foi divulgada a natureza das visitas.   

Prisão

Com a reunião dos indícios, a Polícia Civil do Tocantins representou o mandado de prisão temporária contra o suspeito. Durante as diligências, após a troca de informações com a Polícia Civil do Ceará, os agentes cearenses descobriram que o homem não residia mais em Juazeiro do Norte.

O trabalho de investigação foi mantido e os policiais encontraram o artista em um imóvel no município pernambucano de Serrita. 

O cantor não ofereceu resistência à prisão e foi levado para a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, segundo os policiais presentes na ação. Após prestar depoimento, ele foi encaminhado para o sistema prisional. O músico tem passagem pela Polícia cearense pelos crimes de violação de domicílio e desacato. 

Diário do Nordeste

Botão Voltar ao topo