DESTAQUESNACIONAL

Evidências apontam que Lázaro tem ligação com bruxaria e fez rituais

O homem procurado há sete dias pela polícia do Distrito Federal teria ligações com rituais de bruxaria e oferendas satanistas.

Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, é suspeito de matar uma família no Incra 9, na última quarta-feira(09/06) e de uma sucessão de crimes cometidos por ele desde então.

Segundo os policiais que trabalham no caso, o suspeito é psicopata. Itens ligados à doutrina satanista teriam sido localizados na residência dele, no Entorno do DF.

Lázaro alega estar possuído por um espírito, conforme a Polícia Militar de Goiás (PMGO). Ele também teria dito que “vai levar o tanto de gente que puder”. Conforme o tenente Gerson de Paula, Lázaro seria integrante de uma seita.

As informações teriam sido dadas pelo próprio suspeito a vítimas de um assalto que ele realizou em Goiás, no mês passado, segundo o tenente. Na ocasião, levou armas e celulares. Há indícios de que o homem pratica os rituais desde a infância.

As informações são do Metrópoles

Botão Voltar ao topo