CEARÁDESTAQUES

Segundo o Anuário Brasileiro da Segurança Pública, cidade cearense é a mais violenta do país

O município de Caucaia, no Ceará, ganhou espaço no noticiário nacional com maior índice de mortes violentas do país em 2020 segundo o Anuário Brasileiro da Segurança Pública. A segunda cidade mais populosa do Estado, com 365 mil habitantes, vive uma guerra de facções que deixou milhares de moradores assustados com a disputa do tráfico de drogas.

Ao todo, 360 pessoas foram assassinadas na cidade em 2020, uma taxa de 98,6 mortes violentas para cada 100 mil moradores (quatro vezes o índice nacional de 23,6 por 100 mil).

A cidade de Caucaia também supera a taxa de qualquer país do mundo —em 2018, ano com dados mais recentes, Honduras registrava taxa de 55 por 100 mil e era o mais violento. Além dos município, Maranguape e Maracanaú, também no Ceará, apresentam altos índices de mortes. Maranguape está na 5º posição, com 79 mortes a cada 100 mil habitantes, e Maracanaú ocupa a 6º posição, com índice de 78,9.

Caucaia tem três vezes e meio o tamanho de Fortaleza; tem 40 km do litoral; 60 km de sertão; tem 40 km de serra. A cidade tem limite com seis municípios. O interesse desses grupos por Caucaia tem explicação: a cidade é passagem da rota que vem Amazônia, que usa portos do Nordeste para exportar cocaína que entra ilegalmente pelo Amazonas.

Ceará Agora

Botão Voltar ao topo