CEARÁDESTAQUESPOLICIALREGIONAL

Suspeito de estuprar criança e divulgar imagens é preso pela PF e Interpol em Crateús

Segundo a Polícia Federal, as imagens circularam nos Estados Unidos, França e Austrália

Um homem suspeito de exploração sexual e estupro contra uma criança de 11 anos foi alvo de um mandado de prisão preventiva e outro de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira (1º), em Crateús. A ofensiva faz parte da “Operação Escudo de Ouro”, deflagrada pela Polícia Federal. 

A investigação dos crimes em que a menor de idade é vítima começou no último mês de setembro e identificou que o suspeito também divulgava na internet vídeos e fotografias pedopornográficos. Este termo utilizado para identificar a produção de conteúdo sexual envolvendo crianças. 

Conforme a PF, as imagens produzidas pelo homem alcançaram os Estados Unidos, França e Austrália, o que motivou a contribuição da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) na apuração do caso.

“As investigações apontaram registros de estupros da vítima criança pelo suspeito, com divulgações pela rede mundial de computadores”, confirmou a PF em nota.

O trabalho de averiguação dos crimes segue com a análise do material apreendido na residência do suspeito. A PF também apura se outros familiares têm envolvimento.

“O investigado poderá responder pelos crimes de estupro de vulnerável, produção e divulgação de imagens pedopornográficas na Internet”,  apontou a PF, citando que a pena é de até 31 anos de prisão.

Já a criança e os pais dela estão recebendo acompanhamento psicossocial. 

Diário do Nordeste

Botão Voltar ao topo