DESTAQUESNOVA RUSSAS

Prefeitura une educação e meio ambiente em ações voltadas às crianças de Nova Russas

A Prefeitura de Nova Russas promoveu, durante os dias 25 e 29 de novembro e 06 de dezembro, eventos em comemoração dos resultados promovidos pelo Projeto Local de Entrega Voluntária Escolar (Leve). Em parceria o Instituto Brasil Solidário (IBS), o projeto teve como objetivo promover a união da educação ambiental nas escolas com a coleta seletiva.

Com a implantação do projeto, escolas e creches municipais se tornam pontos de coleta de lixo para os moradores de locais próximos. A Escola Mariano Rodrigues da Costa, localizada no distrito de Canindezinho, conseguiu arrecadar 1 tonelada de materiais recicláveis. A unidade de ensino doará o material arrecadado à Associação Recinovar, auxiliando na renda dos catadores associados.

“Não existe um programa melhor do que esse que está sendo implementado na escola, porque é na escola que a gente forma um cidadão. A criança se torna o reflexo dessas atitudes, e ela quer sempre contribuir, então a gente deve ensinar sobre a importância e os benefícios de conservar o meio ambiente”, afirmou a prefeita Giordanna Mano.

A arrecadação dos materiais se transformará em investimento para a Escola Mariano Rodrigues da Costa, que receberá um valor de R$ 400 em equipamentos esportivos, destinados a auxiliar as atividades físicas e recreativas dos estudantes do local, que já receberam uma quadra poliesportiva durante os festejos em comemoração aos 99 anos de emancipação política de Nova Russas.

Já a Creche Maria Cecilia Fernandes Tavares realizou o evento da vivência do Projeto Leve no dia 29 de novembro, enquanto a Creche Maria Rosa da Conceição comemorou os feitos da iniciativa na última quarta-feira (08/12). Ambos os eventos contaram com ações de conscientização e atividades de lazer às crianças.

De acordo com a prefeita Giordanna Mano, as políticas ambientais deverão abranger mais escolas de Nova Russas. “Esse programa é muito importante para envolvermos o colégio e a comunidade. E esse projeto tem que ser ampliado! Ao todo, temos 30 escolas, e temos sim a condição de envolver todas essas crianças”, finalizou a gestora.

Botão Voltar ao topo