DESTAQUESNOVA RUSSASPOLICIAL

Justiça condena acusados de duplo homicídio em Nova Russas, há 24 anos de reclusão

Vinte e quatro anos de reclusão, foram as penas que cada um dos condenados recebeu ao final do julgamento.

O crime aconteceu na madrugada do dia 19 de novembro de 2017, durante um evento festivo realizado no Parque Padre Cícero de Nova Russas, quando foram executados com tiros na cabeça: Bruno Pires do Nascimento, 19 anos, que residia na Rua Rufino José de Sousa, Bairro Sagrado Coração de Jesus — Nova Russas, e Herlandim Sampaio de Carvalho, 26 anos, que residia na Rua Delmiro Farias Reis — Nova Russas. O crime gerou grande repercussão na região.

Herlandim e Bruno foram executados com tiros na cabeça.

Os acusados: Wellington Oliveira de Araújo, Vulgo “Wellington Rolinha”, 20 anos, residente no Bairro Água Boa – Nova Russas, e seu comparsa: Wellington Oliveira de Souza, vulgo “Wellington Dentinho”, residente na Avenida J.Lopes Pedrosa, Bairro Progresso – Nova Russas, foram presos, mas posteriormente, obtiveram o direito de aguardarem o julgamento em liberdade. 

Na terça-feira(14/12/2021), “Wellington Dentinho” e “Wellington Rolinha”, foram levados ao tribunal do júri, onde foram sentenciado, cada um, há 24 anos de reclusão.

O julgamento foi presidido pela juíza Dra. Rafaela Benevides Caracas Pequeno, com a participação dos advogados, Dr. Áthila Bezerra, e Francisco Carlos.

Após o julgamento, os dois foram encaminhados para uma Penitenciária do Estado.

Com informações do Ipaporanga Notícias

Botão Voltar ao topo