DESTAQUESREGIONAL

Grávida e filho morrem no hospital de Santa Quitéria

Uma mulher de 29 anos, grávida de oito meses e o bebê que ela esperava, morreram na manhã desta quarta-feira (22) no Hospital Municipal de Santa Quitéria. A paciente residia no distrito Saco do Belém.

Conforme a direção da unidade, durante a madrugada, ela teve uma crise hipertensiva ainda no distrito, tendo dado entrada no Hospital por volta das 5h. O SAMU e o corpo médico, foram mobilizados para tentar salvá-la com o bebê, no entanto, a pressão não normalizou.

O caso evoluiu para eclâmpsia, quando ocorre um descontrole da pressão arterial, colocando em risco a vida da mãe e do feto e, infelizmente, por volta das 7h10, ela não resistiu e veio a óbito. O filho, que não chegou a nascer, também faleceu.

Apesar de ser considerada uma gravidez de risco, segundo a família, o processo vinha transcorrendo na normalidade, acompanhada no pré-natal e com o parto que já estava pré-agendado, quando começou a passar mal por volta das 2h.

Segundo o Ministério da Saúde, a pré-eclâmpsia é a primeira causa de morte materna no Brasil.

A Voz de Santa Quitéria

Botão Voltar ao topo